ALEXANDRA GOMES

Serviços de Formação, Comunicação e Promoção Cultural

ALEXANDRA GOMES

Serviços de Formação, Comunicação e Promoção Cultural

ALEXANDRA GOMES

Serviços de Formação, Comunicação e Promoção Cultural

LIVROS E eBOOKS

O Negócio da Música Clássica em Portugal

Um manual para os músicos-gestores a trabalhar em Portugal

Conheça o Livro

Neste primeiro capítulo, poderá encontrar informação em relação às indústrias e bens culturais, conhecendo as suas especificidades e importância. São também analisadas as tendências de consumo, produção e comércio de bens culturais a nível nacional, europeu e internacional.

Neste segundo capítulo é apresentado o negócio da música clássica a partir de uma perspetiva global, tendo em conta todos os intervenientes neste setor. Poderá encontrar informação sobre os consumidores, as audiências e os mecenas e patrocinadores. Encontra também informação sobre os vários tipos de apoio existentes nesta área.

O terceiro capítulo é dedicado em exclusivo ao negócio da música clássica em Portugal, tendo em conta o contexto cultural português. É um capítulo de leitura obrigatória para quem quer conhecer melhor esta realidade. 

O terceiro setor tem um peso muito grande na realidade cultural portuguesa e a área da música não é exceção. Este quinto capítulo é dedicado à gestão específica para esse setor e versa sobre temas como marketing, liderança, motivação, cultura organizacional e gestão financeira.

O último capítulo é porventura aquele que mais interessará aos músicos clássicos, profissionais e amadores, que pretendem tomar as rédeas da sua própria carreira. Aqui poderá encontrar dicas práticas para gerir a sua carreira artística e tornar-se num músico-gestor.

“[…] Este livro vai, assim, no sentido de contribuir, através de um conhecimento reunido primeiramente a nível académico, para o debate sobre o sector cultural em Portugal, mais precisamente o sector da música clássica. Vários temas são abordados nesse sentido, desde o tema mais abrangente das indústrias e bens culturais até ao tema mais específico da música clássica propriamente dita, passando pela gestão das organizações sem fins lucrativos, cujo papel é importante na realidade cultural portuguesa. Tal enquadramento teórico (…) pretende facilitar a compreensão do funcionamento do negócio da música clássica a nível internacional e, principalmente, a nível de Portugal, em especial em termos da gestão na música clássica e do conhecimento das interligações entre os vários intervenientes nessa gestão/negócio.”

“Por outro lado, não faria sentido apenas aqui lançar números, estatísticas e teorias, sem lhes dar um acréscimo prático. Nesse sentido surgiu um capítulo final especialmente dedicado a dicas práticas para músicos clássicos, centrando a informação em torno da atividade do músico-gestor atual. Este capítulo (…) foi dedicado a músicos que queiram empreender e tomar a gestão da sua carreira artística e projetos musicais nas suas próprias mãos, uma vez que muitas vezes são estes profissionais que mais dificuldades encontram no acesso à informação que aqui se procura reunir, de forma a melhor concretizar os seus objetivos profissionais. O intuito é contribuir para a formação de um músico completo que impulsiona as suas competências artísticas, mas cuida igualmente de forma sólida e conhecedora da gestão da sua carreira. Esse capítulo poderá, então, interessar aos músicos profissionais que queiram levar a sua carreira mais além, ou melhorar as suas práticas profissionais; ou a jovens músicos clássicos em início de carreira, que procurem orientar-se no âmbito da gestão dos seus projetos e objetivos profissionais.”

Excerto de “Introdução” in Gomes, Alexandra (2015). O Negócio da Música Clássica em Portugal – Dicas para Músicos. AvA Musical Editions. Lisboa.

O Negócio da Música Clássica em Portugal

Um manual para os músicos-gestores a trabalhar em Portugal

Conheça o Livro

Neste primeiro capítulo, poderá encontrar informação em relação às indústrias e bens culturais, conhecendo as suas especificidades e importância. São também analisadas as tendências de consumo, produção e comércio de bens culturais a nível nacional, europeu e internacional.

Neste segundo capítulo é apresentado o negócio da música clássica a partir de uma perspetiva global, tendo em conta todos os intervenientes neste setor. Poderá encontrar informação sobre os consumidores, as audiências e os mecenas e patrocinadores. Encontra também informação sobre os vários tipos de apoio existentes nesta área.

O terceiro capítulo é dedicado em exclusivo ao negócio da música clássica em Portugal, tendo em conta o contexto cultural português. É um capítulo de leitura obrigatória para quem quer conhecer melhor esta realidade. 

O terceiro setor tem um peso muito grande na realidade cultural portuguesa e a área da música não é exceção. Este quinto capítulo é dedicado à gestão específica para esse setor e versa sobre temas como marketing, liderança, motivação, cultura organizacional e gestão financeira.

O último capítulo é porventura aquele que mais interessará aos músicos clássicos, profissionais e amadores, que pretendem tomar as rédeas da sua própria carreira. Aqui poderá encontrar dicas práticas para gerir a sua carreira artística e tornar-se num músico-gestor.

“[…] Este livro vai, assim, no sentido de contribuir, através de um conhecimento reunido primeiramente a nível académico, para o debate sobre o sector cultural em Portugal, mais precisamente o sector da música clássica. Vários temas são abordados nesse sentido, desde o tema mais abrangente das indústrias e bens culturais até ao tema mais específico da música clássica propriamente dita, passando pela gestão das organizações sem fins lucrativos, cujo papel é importante na realidade cultural portuguesa. Tal enquadramento teórico (…) pretende facilitar a compreensão do funcionamento do negócio da música clássica a nível internacional e, principalmente, a nível de Portugal, em especial em termos da gestão na música clássica e do conhecimento das interligações entre os vários intervenientes nessa gestão/negócio.”

“Por outro lado, não faria sentido apenas aqui lançar números, estatísticas e teorias, sem lhes dar um acréscimo prático. Nesse sentido surgiu um capítulo final especialmente dedicado a dicas práticas para músicos clássicos, centrando a informação em torno da atividade do músico-gestor atual. Este capítulo (…) foi dedicado a músicos que queiram empreender e tomar a gestão da sua carreira artística e projetos musicais nas suas próprias mãos, uma vez que muitas vezes são estes profissionais que mais dificuldades encontram no acesso à informação que aqui se procura reunir, de forma a melhor concretizar os seus objetivos profissionais. O intuito é contribuir para a formação de um músico completo que impulsiona as suas competências artísticas, mas cuida igualmente de forma sólida e conhecedora da gestão da sua carreira. Esse capítulo poderá, então, interessar aos músicos profissionais que queiram levar a sua carreira mais além, ou melhorar as suas práticas profissionais; ou a jovens músicos clássicos em início de carreira, que procurem orientar-se no âmbito da gestão dos seus projetos e objetivos profissionais.”

Excerto de “Introdução” in Gomes, Alexandra (2015). O Negócio da Música Clássica em Portugal – Dicas para Músicos. AvA Musical Editions. Lisboa.

10 Dicas para Desenvolver a sua carreira musical

Um e-Book de oferta para todos os subscritores da Newsletter

Um mimo para todos os músicos, profissionais e amadores que desejam explorar técnicas, procedimentos e ideias para lançar (ou avançar com) uma carreira musical sólida e duradoura. Edição de 2020.

Interessado(a) neste download gratuito? Subscreva já a nossa Newsletter!